Personal statement: o que incluir e o que evitar no seu texto

Na hora de enviar a candidatura para uma universidade estrangeira muitas dúvidas podem surgir: estou mandando a documentação correta? Incluí nas minhas cartas todas as informações necessárias? Escrevi de fato um bom personal statement?


O loveUK sabe muito bem sobre a insegurança e a falta de prática que muitos enfrentam ao passar por esta etapa, principalmente para escrever o personal statement, esta carta que, ainda que seja inteiramente sobre você e suas conquistas, pode custar uma vaga no tão sonhado curso que escolheu se escrita da forma errada.


Pensando nisso, perguntamos a Michele Raimondo, International Officer da University of Westminster, sobre algumas dicas do que incluir no seu texto e o que evitar. Segundo Raimondo, este é um dos documentos mais importantes de um candidato, pois "a maioria dos cursos e das universidades não fazem entrevistas - e as que fazem se baseiam no seu personal statement para fazer as perguntas -, por isso, esta é a sua única chance de se diferenciar dos demais candidatos e impressionar os avaliadores".



Confira os conselhos do International Officer:


Formato O seu texto deve ter 4 mil caracteres ou 47 linhas. Parágrafos são muito importantes, assim, organize seu material de forma que seja informativo e interessante de ler. Ah, vale lembrar que gramática, pontuação e ortografia devem ser perfeitas!


Falando em perfeição, esteja preparado para fazer várias versões e rascunhos. Ninguém escreve de primeira algo infalível.


Cuidado com plágios! Os avaliadores usam softwares que analisam palavra por palavra e comparam o seu texto com o de outro candidatos daquele ano ou dos anos anteriores. Seja autêntico.


Conteúdo

Eis algumas perguntas que você pode responder ao longo do seu texto:

- O que você tem a oferecer à universidade?

- O que te faz se destacar entre os demais?

- Quais os seus planos de carreira?

- Qual foi a sua maior conquista e por que?

- Você se inspira em alguém? Quem e por que?

- Já enfrentou alguma dificuldade na vida? Como isso te mudou?

- Você tem algum filme, livro ou hobby favorito? Como isso te influenciou na vida?

- Já trabalhou duro por algo e finalmente alcançou seu objetivo?

- O que sua família e amigos diriam se escrevessem seu personal statement?


Só mencione coisas que esteja preparado para falar sobre - os avaliadores podem te fazer perguntas, em casos de universidades que façam entrevistas. O personal statement deve ter 75% do conteúdo voltado ao seu histórico acadêmico e outras conquistas profissionais. Nos demais 25% mencione suas habilidades, qualidades e planos futuros.


Lembre-se: esta é a sua chance de afirmar que "este é o meu lugar", então cause uma boa impressão!


Interesses e atividades

Esta parte deve incluir coisas interessantes. Não escreva, por exemplo, que suas atividades incluem "sair com os amigos" ou algo do gênero. O que isso tem de relevante? Tente relacionar tudo ao curso ao qual está se candidatando e explique como estes atributos te tornam uma pessoa melhor.


Vai falar sobre esportes ou música? Só se estiverem relacionados ao curso. Explique quais esportes faz ou quais instrumentos toca e por que os escolheu e quais habilidades desenvolveu.


Se souber algum idioma, indique quais e por que escolheu aprendê-los, além de mencionar o seu nível e competências. Se morou fora, é importante incluir nesta parte.


Lembre-se: é um texto pessoal!

Mostre em palavras comprometimento, interesse e entusiasmo. Seja autêntico e persuasivo - por que você estaria apto a este curso? Por que escolheu este curso? Mostre que entende a área de estudo pela qual quer ingressar, isso é essencial.


Identifique habilidades relacionadas ao curso e como você as conseguiu, sendo analítico e reflexivo. Não seja apenas descritivo.


Erros comuns

- Plágio

- Frases irrelevantes ou injustificadas

- Desvalorizar-se ou ir além da verdade

- Palavras repetidas

- Piadas ruins ou humor fora de contexto

- Falar de um passado muito distante (por exemplo: "quando eu tinha cinco anos...")

- Não entender o curso ao qual está se candidatando

- Negatividade


Após seguir as dicas acima, envie seu texto para nós! As consultoras loveUK são especializadas em revisões de personal statements e demais documentos para candidatura. E o melhor: é um serviço gratuito. O que está esperando? Ainda dá tempo de candidatar-se para cursos que começam este ano. Entre em contato conosco: contato@loveuk.org.br

Entradas recientes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon
Inscreva-se na nossa newsletter

Siga-nos

  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White YouTube Icon

loveUK © 2016 - Todos os direitos reservados