University of Strathclyde: excelência em pesquisa na maior cidade escocesa

A University of Strathclyde é reconhecida pelo ensino e pesquisa de excelência, além de fortes conexões com a indústria, governo e negócios britânicos, contribuindo para a criação de ótimas oportunidades aos seus alunos.


Situada no centro de Glasgow, na Escócia, Strathclyde apresenta fachadas de prédios modernos, combinados a interiores que lembram cenários dos filmes de Harry Potter (o campus, inclusive, fica próximo ao Viaduto de Glenfinnan, local por onde passava o reconhecido Expresso de Hogwarts).


Interior de um dos prédios da universidade. Foto: Reprodução/Instagram



Um dos famosos cenários da saga Harry Potter fica na mesma cidade. Foto: Divulgação



A universidade foi criada no distante ano de 1796, quando o Professor John Anderson quis fundar um "espaço de aprendizado útil", tornando-se a primeira instituição de ensino superior da Escócia durante o período do Iluminismo e uma das poucas a oferecer educação a homens e mulheres de todas as classes sociais naquela época.

A fama de desenvolver pesquisas de grande impacto data de longos anos. Entre a lista de ex-alunos notáveis de Strathclyde, estão o engenheiro John Logie Baird, criador da televisão - quando em 1924 transmitiu imagens de bonecos de ventríloquo -, da gravação de vídeos, fibra ótica e visão noturna infravermelho; James Blyth, um dos primeiros cientistas a usar o vento como fonte de energia; Henry Faulds, criador do conceito de que impressões digitais podem identificar pessoas específicas; e James Young, criador da indústria de refinaria do petróleo.


Baird em transmissão de televisão. Foto: Divulgação

Nos dias atuais, a universidade segue agraciada por grandes prêmios de reconhecimento. Em 2012, foi considerada pela Times Higher Education como a Universidade do Ano e, em 2016, ganhou o prêmio britânico de Business School of the Year. Com isso, ela é uma das mais novas parceiras do loveUK.


Strathclyde figura entre as 20 melhores universidades do Reino Unido em pesquisa intensiva e o ensino em Business School segue como um dos 10 melhores da terra da rainha. Além disso, sete dos seus departamentos de engenharia estão entre os 10 melhores para pesquisa.


Toda esta reputação tem atraído estudantes de todas as partes do mundo. A universidade possui uma comunidade de cerca de 20 mil estudantes internacionais de 130 países, mas está em busca de mais.


Alunos de Engenharia Mecânica. Foto: Reprodução/Instagram


Centro de Tecnologia e Inovação será inaugurado em outubro deste ano. Foto: Divulgação


Atualmente, a instituição não conta com brasileiros no histórico, mas este é um quadro que será modificado em breve, como afirma o Professor Douglas Brodie, Reitor do departamento de Humanities and Social Sciences.

"Estamos com um plano para alcançar estudantes brasileiros e trazê-los até os nossos cursos, seja de graduação ou pós. Nos próximos anos esperamos reunir uma comunidade brasileira no campus e, inclusive, estamos no momento avaliando a possibilidade de fechar parcerias com universidades do Brasil", explica o professor.

Brodie diz, ainda, que a universidade busca nos estudantes internacionais não só destaque intelectual, como também preparo emocional para ingressar em um curso. "Não é fácil estudar fora do seu país, porque lá você não tem amigos e família, eles estão longe, então eu acho que um estudante internacional tem que ser resiliente, sociável e ter um estado emocional maduro".

Além de dirigir o departamento que inclui as escolas de Education, Government and Public Policy, Humanities, Law, Psychological Sciences and Health e Social Work and Social Policy, Brodie é considerado uma autoridade quando o assunto é Labour Law (Direito do Trabalho), já tendo publicado uma série de livros muito bem reconhecidos no Reino Unido, como "A History of British Labour Law (2003), The Employment Contract (2005), The Contract of Employment (2008) e Enterprise Liability and the Common Law (2010).


Departamento de Humanities and Social Sciences. Foto: Divulgação

Com toda esta bagagem na área trabalhista, ele afirma que os cursos oferecidos em Strathclyde para Direito são uns dos que mais atraem estudantes internacionais, sendo o seu ensino, inclusive, considerado o melhor na Escócia. "A intensidade das pesquisas é algo notável e posso afirmar que na nossa equipe estão os maiores especialistas da área", diz o professor.

Strathclyde possui excelência em muitos outros cursos oferecidos. Segundo ranking de 2019 do The Complete University Guide, a universidade figura em primeiro lugar em sete áreas, sendo elas: Accounting & Finance; Aural & Oral Studies; Communication & Media Studies; Hospitality, Leisure, Recreation & Tourism; Medical Technology; Pharmacology & Pharmacy; e Social Policy. Em segundo lugar ficam os cursos de Arquitetura e Marketing.

Entradas recientes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon