Como é ser aluno da Warwick Business School, o melhor MBA do Reino Unido

Convidamos o ex-aluno da Warwick Business School que passou pela assessoria do loveUK, Rene Ivan Saracho, para nos contar um pouco sobre a sua experiência na WBS, no Reino Unido e com o nosso serviço.

Durante a Warwick's Week esperamos que você se apaixone por essa universidade que é a nona melhor do Reino Unido, segundo o The Guardian, e possui o melhor programa de MBA do Reino Unido, segundo o The Economist. Ah! Pela quinta vez consecutiva!

Essa é a University of Warwick. Reconhecida pela sua excelência acadêmica do foundation year aos programas de pós-graduação, oferece uma infraestrutura completa a apenas 1h de trem de Londres. Ou seja, perfeito para quem quer focar nos estudos, mas ainda assim não quer deixar de ter a experiência londrina.

Inscreva-se aqui para o Webinar com a representante do departamento WMG dia 13 de fevereiro às 18h.

Sem mais delongas, vamos conhecer o Rene Ivan e a sua experiência como aluno da WBS:

Rene Ivan no prédio da Warwick Business School

Rene Ivan na frente do prédio da Warwick Business School



LoveUK: Por que você escolheu a Warwick?

Rene Ivan Saracho: Foram várias as razões que me levaram a optar por estudar na Warwick Business School. Primeiro, sua reputação. O programa FT-MBA da WBS faz parte da elite das principais escolas de negócios no mundo. Com base na pesquisa "2019 Global Ranking by The Economist", o programa ocupa as seguintes posições: 1º em UK, 5º na Europa e 24º no mundo. Segundo, o programa em si. Foram 12 meses de uma verdadeira imersão, de muita intensidade e engajamento. Isso inclui alguns módulos internacionais (no meu caso foram China, Irlanda e Finlândia), coaching ilimitado, trabalhos com empresas ícones e um grupo de participantes com diferentes backgrounds, culturas, mindsets e etc., efetivamente um ambiente privilegiado pela diversidade. Além de inúmeras palestras, seminários, exercícios em grupo, estudos de caso e projetos. E terceiro, sua localização. A WBS está localizada na cidade de Coventry (aproximadamente 1h de Londres), o que me permitiu morar numa cidade super tranquila, mantendo o foco nos estudos e muito mais econômica comparando com os grandes centros como Londres. Ao mesmo tempo, com fácil e rápido acesso às outras cidades de UK.



LoveUK: Qual curso você fez em Warwick e durante qual ano?

RIES: Fiz o programa de Full Time MBA, cohort 2017-2018.



LoveUK: O que você tem a dizer sobre a Universidade como um todo? Da infraestrutura? Do suporte a alunos estrangeiros?

RIES: A infraestrutura da WBS assim como da Universidade no seu todo é extremamente moderna , confortável e segura. Tudo é feito para que o aluno se concentre em seus estudos e sua dedicação seja aproveitar ao máximo tudo o que ela te oferece. Para a comunidade internacional, existe um departamento especifico para auxiliar no esclarecimento de quaisquer dúvidas e fornecer assistência na resolução de qualquer problema. Também conta com um imenso número de centros acadêmicos (societies) que abordam dezenas de temas. Com certeza você vai se identificar com algumas delas e vai querer participar. Além disso, no campus existem restaurantes e pubs onde é possível compartilhar momentos sociais com os demais alunos, colegas, amigos, etc. Para quem pratica esportes, tem uma gama de opções para quase todas as modalidades. Sem falar dos inúmeros eventos que acontecem dentro do campus durante o ano, desde palestras acadêmicas em todas as áreas que você possa imaginar a shows e concertos diversos. A infraestrutura de fato é também um diferencial.


LoveUK: Como foi o seu processo de adaptação?

RIES: Minha adaptação foi relativamente rápida e fácil. Apesar de estar retornando a vida acadêmica após quase 9 anos, não tive grandes problemas. O idioma (sotaque britânico) e principalmente o método de ensino são fatores desafiadores neste quesito. As aulas exploram muito seu engajamento e pensamento crítico. Sua ativa participação e dos demais colegas contribuem substancialmente para o sucesso das aulas. Aconselho a qualquer pessoa interessada em estudar lá que pesquise bem sobre esses fatores, método de ensino, formas de avaliação, etc. Isso será valioso para seu processo de adaptação. O clima, a alimentação e a convivência num ambiente altamente diversificado são fatores também importantes no processo de adaptação. No meu caso, não tive nenhum problema nesse sentido. Ah! Não posso deixar de comentar que a companhia de minha esposa Simone nesta jornada foi fundamental, vital para meu sucesso. E, também, tive a felicidade de encontrar outros três brazucas no mesmo programa que enriqueceram muito essa experiência, são eles: Ana Paschoini, Arthur Bernardes e Diego Moreira.


LoveUK: Conte uma experiência marcante do seu ano em UK.

RIES: Para quem vive uma jornada destas o que não falta são experiências marcantes. Acredite, tudo é marcante!.



LoveUK: Suas expectativas atenderam a realidade?

RIES: Posso afirmar que sim, minhas expectativas foram atendidas. Em alguns aspectos, foram superadas. Claro que nem tudo é perfeito e destaco aqui outro fator importante. A equipe do programa era bastante receptiva para ouvir criticas e sugestões sobre diversos temas e se mostrou ágil e eficiente para corrigir alguns desvios pontuais.



LoveUK: Como ter feito um mestrado no exterior refletiu na sua vida profissional?

RIES: O programa me abriu novos horizontes. Hoje me sinto muito mais capaz não apenas de retomar minha vida profissional na área que sempre atuei com uma visão muito mais ampla, podendo agregar novos valores em qualquer segmento e/ou mercado, bem como me permite empreender novos desafios. Do ponto de vista prático, além de ampliar meus conhecimentos do mundo dos negócios de uma forma mais abrangente, na parte de operações, marketing, finanças, estratégia, leadership e etc., foi de extremo valor poder desenvolver uma série de soft skills como: habilidade de trabalhar em equipes; trabalhar com uma grande variedade de pessoas; resolver problemas complexos; construir, manter e expandir network; gestão do tempo e priorização; pensamento estratégico; habilidade de influenciar positivamente; resiliência, entre outros.

Repetindo meu depoimento registrado na brochure da WBS:

"O programa é uma das maiores plataformas de transformação. Um conjunto de lições para a carreira profissional, uma fantástica experiência de vida".


Que história, hein? Acho que só dá para concluir que essa experiência definitivamente foi life changing.... Obrigada por compartilhar com a gente, Rene!


Quer saber ainda mais sobre a University of Warwick? Acesse: www.instagram.com/loveukbrasil

Entradas recientes
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon